junho 01, 2012

As Amantes do Verão #1

1) O Verão da minha infância...

Para começar lembro-me de quão grande eram as férias de Verão, chegava mesmo a ficar cansada de tantas férias, os dias demoravam a passar e nós conseguíamos fazer imensas coisas.

A chegada do Verão trazia sempre uma recompensa à boa aluna que era. O meu pai dava-me sempre um dinheirinho para comprar roupa, ah e eu delirava, renovava o guarda-roupa por completo.

Depois ficava ansiosa pela vinda dos meus primos. Ficavam na nossa casa e eram uma animação. Vinham todos e montavamos o arraial.

Os dias começavam cedo, levantavamos e arrumavamos a trouxa para rumar para um dia completo de praia. As escolhas eram entre a praia do Portinho ou Figueirinha, ou então Troia. A última escolha era sempre que o meu pai vinha connosco, porque ainda tinha árvores e dava para ficar na sombra, dormir e descansar, uma vez que não gostava muito de ir para a água.
 
[imagens da net - troia antes do resort]
Passavamos os dias entre banho de mar, de sol,  muita conversa e regressavamos exaustos.
À noite íamos para a rua, eu e a minha prima C. Onde reuniamo-nos com os amigos e lá estavamos na conversa, até se soltar o grito da recolhida.
Foi nestas noites que houve os primeiros beijos, as primeiras paixões e aventuras de meninas/os inocentes :)
Fomos tão felizes. Se vos contasse as histórias, ui :)

Penso que aos sábados à noite era o dia de Jogos sem Fronteiras e deliravamos, todos em frente à T.V. a gritar por Portugal, a loucura.
Em Agosto, havia a feira de Santiago e o que nós adoravamos lá ir.
Bons momentos estes os que passamos. Fiqeui com saudades.

Mais tarde, a prima arranjou namorado e mesmo indo para minha casa como sempre as coisas foram modificando.

Depois já na fase da adolescencia, as minhas férias eram com a minha prima D., ora em Peniche na casa da avó (onde conhecíamos todos os anos uns surfistas giraços no bar do Becas), ora em Milfontes, ora no Porto, ora aqui e ali... o que eu nunca gostei mesmo foi de acampar, ainda hoje detesto. Não me convidem sff. Sou esquisita, detesto partilhar casa-de-banho e gosto de tudo muito limpinho :)

Bem mas as férias da minha infância, onde é que isso já lá vai...

(fiquei com saudades da minha prima C)












25 comentários:

sandra disse...

Sabe bem recordar hiii os jogos sem fronteiras eu também via e já nem me lembrava disso mas gostava muito queria participar mas não tinha idade :)
bjinhos

Tons neutros disse...

Já nem me lembrava dos Jogos sem Fronteiras! Bjs

Tânia (Mamã do Santiago) disse...

Tanta coisa boa :)

Vontade de voltar a ser pequenina

Eu disse...

Ó pá, também és Setubalense?!
As memórias que me trouxeste... E para Albarquel a pé, não ias?
Eram tão giras as noites de Verão. Lembro-me que no meu bairro, nesta altura do ano, andávamos nós a bater de porta em porta a pedir dinheiro para os Santos Populares. E depois fazíamos uma bela petiscada lá na rua, com direito a saltar à fogueira e tudo! E moravamos nós no centro da cidade ! LOL! Como os tempos mudam...
Bjocas

Cláudia, Vila do Conde disse...

Que nostalgia, não é?

Naná disse...

Que boas recordações! Xiiii os jogos sem fronteiras...

AvoGI disse...

dia de recordaçoes e sabe tao bem
kis .=)

ombemua disse...

Ai os jogos sem fronteiras.
Adorava nao perdia um :))
feliz dia querida
Baci*

Scarlet Red disse...

Xiii! Já nem me lembrava dos Jogos Sem Fronteiras!! :D

Paula Nogueira Guerra disse...

Grande recordação... e vivam os jogos sem fronteiras :)

Filipa disse...

Oi Tanita... adorei o teu post...
Os Jogos sem fronteiras... eu adorava... lembro-me que não perdia um!! :)
Já tou curiosa pelos proximos dias ;)
XOXO

Ângela Almeida disse...

Xiii ... já não me lembrava dos Jogos sem Fronteiras ... adorava ver :)
É muito bom recordar :)
Kiss

Mamã Petra disse...

Fui tão feliz em Setubal, e na Figueirinha e ainda sou feliz graças a isso.

Beijinhos

Beu, a Ruiva. disse...

Xxiii ... pois é os jogos sem fronteiras, também gostava tanto.
E vias o Verão azul?? ai como eu gostava do Verão Azul.
Beijinhos queridaAmei conhecer mais um boacadinho de ti :)!

A Minha Essência disse...

Gostei das tuas recordações. ;)

mão da mãe disse...

os jogos sem fronteiras, ena ena! era tão giro!
gostei muito do teu texto e das tuas memórias!
bjinhos

Claudia disse...

Tenho exactamente a mesma sensação, o tempo era infinito!
Também estou a participar no desafio e lembrei do tempo que já não passava por aqui...
beijinhos grandes e até breve!

mfc disse...

Essas memórias ressuscitam a criança que continua a existir em nós... felizmente!

Dear Daisy disse...

Adorei recordar um bocadinho da minha infância contigo, Tanita :)
Eramos tão felizes.....

Beijinho

Mamã de Salto Alto disse...

Tão bom recordar...

Anita disse...

tb recordei contigo, pois esses lugares tb fazem parte da minha infância ;)
bj

carla disse...

Ena... os jogos sem fronteiras!

Eram tão boas as férias quando as preocupações eram poucas...

Um beijo

hip girl kiss and tell disse...

Tanita, as férias em Peniche com a D... que loucura e que saudades!
Beijinhos
R

Oxygen disse...

Belos momentos quando éramos mais jovens, ficam sempre boas recordações:)
Outra coisa, também não gosto de acampar. Bjinhos

Turista disse...

Olá querida Tanita! Gostei de ler sobre o Verão da tua infância, que para além de ser imenso(que bom seria tê-lo agora!), era muito diversificado e alegre.
E se calhar agora, com estas lembranças todas, vais voltar a contactar a tua prima, amiga de infância e recordar com ela esses bons momentos. :)