novembro 14, 2012

Ser criança

Juro que não percebo quando me dizem que não têm tempo.
Que eu me queixe do mesmo para ir ao ginásio, dar uma corrida ou até estar com alguns amigos, é uma coisa, mas não ter tempo para os nossos filhos?
Desculpem, mas é algo que não consigo compreender.

Ontem na reunião anual do colégio do meu filho, a educadora apresentou o plano curricular e as actividades que vão desenvolver este ano lectivo, falou-se do programa educacional, da ginástica, da música, da brincadeira ao ar livre, dos jogos em conjunto, das refeições, hábitos e a fase críticas dos 2 anos.
Apercebi-me que não é só o meu que anda a esticar a corda, que faz as suas birras, que tem dias em que é um anjo e noutros que parece um diabinho em forma de menino pequenino, que ainda anda com a fralda e faz xixis e cocós sem pedir... até aqui todos de acordo.

Mas fez-me imensa confusão quando se falou em estimula-los, em continuar o trabalho da criatividade em casa, em fazer jogos e desenvolver outros campos, explorar, brincar e "perder" ganhar digo eu com eles.

Ficou um burburinho na sala, os pais agitaram-se e a maioria, se não 98% dos que estavamos presentes, disseram que isso só ao fim-de-semana e mesmo assim não havia tempo.
O quê? desculpem, podem repetir que não entendo?

Será que não tiram 20m que sejam para se dedicarem a eles? só a eles? não conseguem uns minutos para voltar a ser criança e aprender com as coisas simples da vida?
fazer uma torre de legos, um desenho, brincar às escondidas?

[arquivo pessoal - 12-Nov-2012]
Esta é uma das actividades que fazemos juntos, quem corta com a tesoura é a mãe, ele escolhe o desenho, o papel e cola na folha, no final vai direitinho para o frigorifico para ficar exposta a obra de arte feita por mãos pequeninas.
Todos os dias faço algo com ele, ele ajuda-me na cozinha, mesmo que seja só a ver o que faço ou passa-me o saco do pão, põe os legumes no tacho, fica só a olhar... e sente-se feliz e participativo.
É integrado nas actividades.
E isto não fazer com que seja menos criança, é fazê-lo sentir-se util.
Claro que há dias em que não há paciência, mas há um mimo, o nosso momento a 3, nem que seja só isso, no sofá tapados com a manta a fingir que estamos numa casinha :)
E não, não acho que o esteja a estimular demais, a dar um passo maior que a perna, sim porque me acusaram disso, quando incrédula perguntei se eles não participavam nas activiades da casa, já que não tinham um tempinho só deles.
 
Por favor, digam-me que não sou a única, por favor.

22 comentários:

Naná disse...

Não, não és a única!!!
O meu adora ajudar-me a fazer bolos. Gosta que lhe ajudemos nos desenhos, quer ajuda para fazer puzzles e coisas assim!

D. disse...

não, não és a única. Se bem que eu também posso não ser grande exemplo. Com duas, é cada uma a puxar para seu lado e não é tão fácil. Mas sou uma aluna da sala de aula delas que é um espectáculo.:)

Rita G. disse...

É exactamente isso, há que integrá-los na nossa rotina. É muito triste só terem tempo para os filhos ao fim de semana...bj

o meu coração em palavras... disse...

Não és de certo a única... verdade que conciliar as tarefas deles com as nossas é muito complicado e o tempo escasseia mas não abdico de ter ter o meu/nosso tempo com a princesa. As minhas coisas podem todas esperar mas os nossos mimos, brincadeiras, leituras isso não... faço questão de a ver crescer e fazer parte disso é único, brincadeira e cantoria não pode faltar, depois a certa hora chega o monstro dos beijinhos (eu) e é altura de a princesa ir dormir:)

Quélih disse...

Não és a única.... :)

Eu disse...

Ó minha querida... É apenas o começo. A minha já tem 12 anos e eu ainda me espanto com as coisas que oiço nas reuniões. Ou as coisas que oiço da minha filha... Há quem não tenha tempo e nem se preocupe sequer em dar pequeno almoço aos filhos antes de irem para a escola (e não é por falta de dinheiro).
É muito triste que tenham de ser os professores a dizer como se deve educar uma criança. Este ano a directora de turma da minha deu-se ao trabalho de fazer um powerpoint sobre o que se deve fazer para acompanhar os estudos em casa... Surreal...

abspinola disse...

20 minutos por dia chega para estarmos a fazer actividades, um desenho, uma leitura,um rabisco, a brincadeira, mimos e beijos, ver um bocado de televisão com eles, perguntar o dia na escola, acho que é fundamental haver um circulo importante dentro de casa para o desenvolvimentos dos filhos...
Eu faço questão disso todos os dias... as leituras e historias é sempre não falta até que o piolho é doido por livros e puzzles


KISS

Benedita disse...

É escandaloso!
Nem imagino, perder o prazer de partilhar e de viver esses momentos com os nossos pequeninos!!!

A Minha Essência disse...

Bem, se formos a contabilizar o tempo que estamos com os nossos filhos, bem, é porque alguma coisa está mal, muito mal!...
Penso que, não se trata de "arranjar" tempo, ou desculpas para se fazer o que temos que fazer pelos nossos filhos. Porque, efectivamente, a educação/ensinamentos começa de dentro para fora (casa), e não ao contrário. Transcende-me, muito. Enfim. :S

Paula Nogueira Guerra disse...

E não custa nada até porque, se os amamos como bradamos aos céus faz-se com gosto e amor.
É gratificante até...
Não se compreende.
O que se poderia dizer era: gostava de ter MAIS tempo, mas algum sempre se arranja claro!

Com o meu agora cozinhamos os dois. É tãoooo bom!

Adorei o que fazes com o teu menino!
Continua minha linda xxxx

Mona Lisa disse...

Não és a única, mas possivelmente fazes parte do número restrito de "pais com tempo para os filhos".

É mais fácil colocá-los frente ao televisor...etc...etc...

Sou professora aposentada (1-º ciclo)e vi e ouvi muita coisa...

Beijos.

Vee disse...

É dificil acreditar que verdadeiramente não têm tempo porque é uma questão de escolhas, "gasta-se" 20 minutos com eles que não se usam a fazer outra coisa. Talvez seja uma questão de má gestão do tempo.

Vicky disse...

que coisa mais fofa!

Beu, a Ruiva. disse...

Eu acho chocante.
Mas isto sou eu que sou mãe galinho e muito lamechas. Que deixo de "viver" para colocar sempre em primeiro lugar as minhas filhas.

Mas em tempos conheci uma pessoa (mulher) que mesmo saindo cedo do trabalho, só ia buscar os filhos ao colegio no fim do dia, ou seja Às 19h.
Na altura fiquei muito chocada, porque a primeira que coisa que fazia era ir buscar as minhas filhas. Agora que são crescidas são elas que esperam por mim em casa.

Beijinhos amori ... com saudades :)!

sandra disse...

Também não me entra na cabeça os pais não terem tempo para os filhos por eu dedicar todo o tempo que posso aos meus filhos é que não tenho nenhum tempo para mim mas não tem mal mais tarde terei tempo para mim agora eles precisam muito mais,fazes muito bem em estares com o teu menino e estimulares o que lhe vai lá dentro :)bjinhos

Mammy disse...

Não, não és a única!
Quando o meu filho tinha 2 anos, e até mais, estava sempre na mesma divisão da casa que eu. Se eu estava na cozinha, ele estava por lá, a brincar com qualquer coisa, íamos conversando; quando eu estava na sala, ele estava lá comigo também, e entre uma tarefa ou outra que tinha que fazer, ia brincando com ele; todas as noites, antes de dormir, lia-lhe uma história, ou fazíamos uma jogo.
Por muito que tenhamos que fazer, dá sempre para, pelo menos, irmos conversando com eles, o que já é óptimo para o desenvolvimento deles.
Hoje, ele já tem as brincadeiras só dele, mas antes de deitar, se não há tempo para a história (porque, às vezes, com os trabalhos de casa e o basquetebol, fica um bocado apertado) há sempre tempo para uma conversa a dois, mimos ou jogos.
Beijinhos

Vera, a Loira disse...

Eu ainda não tenho filhos, mas eles têm sempre de ser a prioridade.

CV Love disse...

Tão fofo!
É bom ele tem tempo para ver criança e conseguir fazer algumas atividades com ele!

carla disse...

Como vês pelos comentários, não és mesmo a única.

Há sempre tempo para eles, temos é que nos adaptar de maneira a "arranjar" esse tempo.

E o bom que sabe ouvir dizer "és a melhor mamã do mundo!"?

Um beijo grande

Ana Brighton disse...

E isso mesmo, a nossa MJ tb participa em tudo la em casa e nos sentamo-nos no chao com ela, ja la vao 5 anos. Tambem nao percebo como os pais nao tem tempo para os filhos, nem que seja enquanto os filhos lavam os dentes! Optimo post!

Ana Brighton disse...

E isso mesmo, a nossa MJ tb participa em tudo la em casa e nos sentamo-nos no chao com ela, ja la vao 5 anos. Tambem nao percebo como os pais nao tem tempo para os filhos, nem que seja enquanto os filhos lavam os dentes! Optimo post!

Mamã Petra disse...

Tu e o teu marido são excelentes pelo pouco que vi e nota-se cumplicidade e companheirismo entre vocês. E estive pouco tempo com vocês, para o ano quero mais.

Beijinhos grandes.