julho 31, 2014

A importância das coisas

[ap - 20-Julho-2014]
Se com o primeiro filho me tornei mais regrada, mais calma e com muita paciência. Com a vinda da minha filha, a paciência para eles, a serenidade e a disposição aumentaram.
Mas, também deixei de ter paciência para fazer fretes, para estar em lugares onde me começa a dar comichão, a ter que ser simpática (que o sou por natureza, acreditem) só porque sim e principalmente não faço quaisquer sacrificios que impliquem o bem estar do meus filhos (se bem que são ambos crianças bem dispostas e que estão bem em qualquer lugar, quase sempre).

A importância das coisas também se alterou. Importo-me em primeiro lugar com eles e depois com os outros. Prefiro que estejam confortáveis em vez de estarem só bonitos para a "fotografia". Dou mais valor à segurança, do que à marca. Prefiro não ter muito, mas ter bom. Importo-me se têm uma alimentação cuidada e variada daí estar a mudar hábitos lá em casa, aos poucos confesso , nesta fase a Luisinha anda a introduzir os alimentos e tento que prove de tudo o que já pode e o Manel está a deixar de beber leite de vaca e a gostar do de arroz, aveia e coco.

Faço questão de irmos ao parque quase todos os dias, de perguntar ao mais velho o que gostava de fazer no fim-de-semana, o que lhe apetece comer e o que queria muito que fizéssemos.
Um exemplo foi O aniversário dele este ano foi diferente, muito diferente. Em vez de uma festa de arromba, como os anos anteriores, fomos em família (avós dos dois lados, tios e o primo) passar o dia no Zoo e foi maravilhoso. Estarmos juntos, partilhar os momentos e vê-los crescer felizes e saudáveis é o melhor que posso ter neste momento.

Mesmo que para isso, tenha de precindir de algumas coisas muito pessoais mesmo que tenha de deixar de ter tempo para fazermos tudo, que fazemos na mesma se soubessem como são estes nossos fins-de-semana...
Mesmo que hajam dias em que me apetece desisitir de tanta coisa, sei que o que faço e que as minhas escolhas têm sempre uma razão. Se estou a ser egoísta e a pensar só neles? que um dia crescem e te deixam sozinha sem dar valor nenhum, como dizem algumas pessoas, não me importo porque faço-o e farei sempre, porque é assim que sei ser mãe, de corpo todo e alma também.


ps- aqui está a minha verdadeira fonte de inspiração :)

21 comentários:

disse...

A verdade é que um filho nos muda em muitos e variados aspectos.
Tanita, que fonte de inspiração tão querida!
Um beijinho na Luísinha.

Sophie disse...

Para mim, ser é essencialmente ISSO!
Beijinhos

D. disse...

Os filhos trazem-nos alterações, sem dúvida. A mim, infelizmente e bem triste me sinto comigo própria, nem sempre a parte da paciência abunda. PEnso sempre que tenho de alterar, mas nos momentos críticos, não consigo.
Beijinhos doces

Arco Íris disse...

A Maternidade também nos faz crescer e ver a essência da Vida de outra maneira.
É bom que usufrua desses momentos com os filhotes, pois eles crescem muito rapidinho.....
Bjs a todos.

Ana Santos disse...

Ai miga Tanita como compreendo cada palavra tua, a maternidade deu asas de viver cada momento delicioso com os meus meninos sem ligarem a determinados aspectos...
Por vezes a paciencia vai embora.
és linda Tanita
Beijocas

Fashionista disse...

Que texto lindo! Felicidades!

A Pimenta* disse...

Os filhos trazem alterações na vida de uma pessoa. Pessoalmente ainda me vou adaptando ao que me tem acontecido mas sei que isso irá fazer parte da minha vida futura: já nada será como dantes.

Maria disse...

Mudamos muito com os nossos filhos. Acho que devemos fazer tudo por eles mas também acho que não nos devemos esquecer de nós. Uma coisa é fazer por eles porque a nossa felicidade passa por aí também, vê-los felizes, outra é deixarmos de fazer tudo e viver única e exclusivamente em função dos filhos. Sei que não deve ser o teu caso porque pareces uma pessoa muito sensata e feliz, mas vejo mães que se anulam completamente e não acho isso saudável.
Grande beijinho

Timtim Tim disse...

Tanita, andava à tua procura, embora te vá vendo pelo facebook. Os teus meninos estão o máximo. (Ex Ovelha)

Timtim Tim disse...

Tanita, andava à tua procura, embora te vá vendo pelo facebook. Os teus meninos estão o máximo. (Ex Ovelha)

S* disse...

Não há recompensa maior do que vê-los felizes. :')

Diana Santos disse...

que imagem tão linda :)

Naná disse...

:-)

Naná disse...

:-)

Naná disse...

:-)

Naná disse...

:-)

Naná disse...

:-)

Naná disse...

:-)

Naná disse...

:-)

Naná disse...

:-)

Naná disse...
Este comentário foi removido pelo autor.