julho 22, 2014

A Vida é mesmo assim

[ap- Escultura Carlos Ramos - O beijo]

Feita de amores e desamores.
De encontros e desencontros.
De dias grandes e dias pequenos.
De perfeição e imperfeição.
De alegrias e tristezas.
De sol e de chuva.
De ventos de norte ou talvez não.
De estados de alma ou intuição.
De pé atrás ou entrega.
De confiança ou dente cerrado.
De rotinas ou relógio parado.
A minha não foge à regra e tem tudo isto.
Mas o que me importa não é o conteúdo dos meus dias mas, sim o sorriso e a felicidade dos meus filhos.
A mim o que me importa é vê-los crescer com saúde.
O resto? O resto são peanuts e nada me vai incomodar ou tirar o sono.
Tudo fica esquecido, assim que abro a porta de minha casa e dou um “abraça monstro” aos meus meninos.
Tudo o resto vive-se e é o que preenche as horas em que não estou com eles.

8 comentários:

Rita* disse...

100% de acordo!!! <3

Benedita disse...

A mim, também é o meu amor maior que me dá alegria, cor, saber e aroma à vida! :)

Arco Íris disse...

Que linda reflexão sobre a Vida e " A Vida é mesmo assim"

Obrigada por se ter lembrado dos meus netos.
Estão óptimos,crescidos e o principal FELIZES.
Tudo de Bom para a Família toda.
Bjs

marina maia disse...

É isso a vida, valorizarmos o que nos faz verdadeiramente felizes!!
Beijinho

Angela Costa disse...

Sem duvida !!
Beijinho muito grande

Urban Cat disse...

Tanita,
Ainda não sabes quem sou? Ohhhhh :(
Vou dar-te uma pista. A última vez que te vi ainda estavas grávida da tua princesa e foi num parque, ali para os lados da Marquês. Já sabes agora?

S* disse...

Oh, que bela reflexão!

S* disse...

Oh, que bela reflexão!