novembro 10, 2014

São 4.30 da manhã e eu ando a saltitar do quarto para a sala. Tenho os dois cheios de tosse. Uma tosse e perde a chucha. Choraminga e lá vou eu. Ponho a chucha volto para a sala. O outro dormiu comigo e acordou-me à meia hora: "mãe vomitei ", por centímetros não para cima de mim. Cheio de sono ele e eu, despi-o tirei lençol de baixo limpei colchão, pus uma toalha e o lençol de cima passou para baixo. Tapei-nos  só com a manta. Tosse ela perde a chucha, choraminga. Deito-me. 2 minutos depois :" dói -me a barriga" e vomita de novo.  Vou para a casa de banho, vomita na sanita, trago-o para a sala para não acordar a irmã, faço chá e penso que também preciso de um. Chego à sala, está ferrado a dormir. Sento-me. A outra tosse perde a  chucha, choraminga. Corro para o quarto e a chucha está onde?? Não encontro vou buscar outra e ela a choramingar. Ponho a chucha, venho para a sala, tapo-me e perdi o sono. Estou exausta, porque estou a ficar doente. Entre correr de um lado para o outro tomo uma euphon. Estou descalça. Tenho frio e a garganta dói mas, isso agora não interessa nada. São 4.36 e tenho medo de me deixar dormir porque posso não ouvir a que está no quarto e não perceber que este continua mal disposto. Tenho frio e a garganta dói mas, isso agora não interessa nada.

9 comentários:

A Pimenta* disse...

Há noites complicadas. Ainda este fim de semana também tive uma com a pequenita e no meu caso, é só uma filha. Fará se fossem dois! Tenho tantas saudades das noites antes de ser mãe!!

Arco-Iris disse...

Só me apetece mandar um grande beijinho.....
Até eles crescerem há noites assim...
Mas,vai passar ...
As melhoras dos pequeninos.
:(

Urban Cat disse...

Tanita, até eu fiquei cansada com essa correria toda. Ter um filho já é dose, dois então...Eu lembro-me de ter passado isso com a minha filha e sozinha, porque o pai "fugiu" era ela pequenina. Havia noite em que me fartava de chorar. Acredito que não esteja a ser fácil. Agora digo eu, se precisares desabafar, apita!
Beijinhos

Naná disse...

Minha querida, um abraço forte!

Beijocas

desabafosemrodape disse...

custa tanto a falta de descanso, mas, pior ainda, são as razões que o provocam. boas melhoras.

Sophie disse...

As melhoras de todos!
Beijinhos

hip girl kiss and tell disse...

Só me resta desejar as melhoras de todos! (E imaginar que daqui a uns meses a minha vida sera assim...)

Beijinho grande!
R

Sara sem Sobrenome disse...

Caramba, as melhoras. Sobreviveste ao colapso?

Jardim de Chuva Prateada disse...

Mãe sofre. Eu também sei o que isso é. Espero que hoje as coisas estejam mais calmas por aí. Recebe um abraço apertado meu. As melhoras dos pequeninos.