julho 07, 2010

Continuamos à espera da Cegonha

fotografia: arquivo pessoal
Pelos protocolos dos hospitais (leia-se contenção de custos impostos pelo governo) como não tenho ainda 40 semanas de gestação, nem nenhum sinal de parto natural, o Manuel só pode vir cá para fora para a próxima semana, com a certeza quase absoluta que será cesariana, pois as minhas ancas são muito estreitas, o osso xpto é em concha e o cólo so útero mantem-se no mesmo sítio, no entanto fico marcada nova consulta no hospital para a próxima segunda, que será o red line aqui do meu bebé, pois se não surgir nenhum sinal antes, tem os seus dias contados na barriga da mamã. Lá terá de se habituar à ideia e vir enfrentar este calor, e tudo o que lhe espera no mundo real.
Eu, estou mais cansada do que nunca, com o Manuel bem encaixado em baixo e a fazer pressão. Confesso, que já estou mortinha para que chegue o dia D porque, isto da mobilidade reduzida, da posição correcta não existir e de passar as noites em claro, estão a deixar-me maluca, mas com muita ansiedade, porque tal como já aqui disse, um parto assim programado não estava nos meus planos. Vão então induzir, para ver se o meu filhote vem pela via normal, caso contrário partiremos para a cesariana.
Não sei se nesta altura, não preferia ter optado por o ter num hospital privado, eu sei que estou a dizer isto por estar cansada, pois a decisão de escolher um hospital público foi ponderada, pensando não na minha comodidade, mas apenas no Manuel.
Mas, com as contenções de custos, que ironicamente somos todos nós que pagamos, vamos lá sofrer um bocadinho, porque os médicos, apesar dos melhores que possam existir não podem exercer as suas funções, sem justificar à parte privada, o porquê e os motivos para as decisões, pelo que os hospitais públicos com gestão privada sejam quase todos, e um dos que escolhi para ter o meu filho... enfim, confio no meu médico e acredito que apesar deste desabafo, ele fará somente o melhor para mim e para o Manuel. A explicação para a indução faz todo o sentido, uma vez que este é o meu primeiro filho e até ver poderá vir da forma mais natural possível.
Valha a honestidade, competência e gosto à profissão que ainda muitos profissionais têm, e que com muita dificuldade a mantêm.

6 comentários:

Nokas* disse...

é verdade que se trata de uma decisão muito complicada na hora de escolher um hospital: publico ou privado. Confesso que as historias que me vão chegando são garantias de sucesso quer num, quer noutro. Imagino que nao deva ser nada, nada fácil aguentar este calor com uma barriguinha assim em final de tempo mas só te desejo uma hora muito, muito, muito feliz =)

Leana disse...

Oh querida, deves estar a passar um verdadeiro sufoco :(

Os meus 3 babies nasceram ás 38 semanas e eu já andava nas "ultimas", quanto mais com quase 40...

O Manel pelos vistos está a adorar o seu T0 com ar condicionado e como tal não lhe apetece muito saír daí para vir para esta brasa :)

Calma querida, estás mesmo no finalzinho, relaxa e aproveita estes últimos dias com o teu bebé dentro de ti, é a única altura em que eles são 100% só nossos (pensamento egoísta que ás vezes assola as mães babadas!)!

Vai tudo correr bem, estou ansiosa pela notícia do nascimento :)

Já que pode acontecer a qq momento, quero deixar-te aqui os meus votos de que tenhas um parto fácil, rápido e acima de tudo, muito feliz.

Depois vem cá mostrá-lo, ok?

Bjinhos para os dois da tia Leana :)

sofia disse...

Para te animar...os meus dois partos foram induzidos, em hospital público, e correu tudo bem.
Bjs, linda

Isabel disse...

Eu já estava na expectativa de ver aqui a noticia do nascimento do Manel...
O António tem-se portado bem...sempre aos pontapés! O que me deixa muito contente... E tem crescido bastante...o que me leva a pensar que se calhar não vai esperar pelas 40 semanas para nascer...
Realmente estas últimas semanas são as piores em termos de ansiedade...parece que o tempo pára de repente mas vais ver que vai correr tudo bem (estão aqui as tias virtuais a fazer uma corrente de boa energia).

Tanita disse...

Queridas tias virtuais (como diz a Isabel):
Obrigada por todo o apoio e carinho, o post foi escrito mesmo sob pressão e muito cansaço, mas a verdade é que tal como diz a Leana, tenho de aproveitar o meu menino aqui dentro os ultimos dias, pois vai deixar de ser só meu! vai pertencer ao mundo!
Depois avisamos da sua chegada.

Nokas:
Obrigada pelo apoio!

Leana:
eu também queria 3 babies, agora já penso duas vezes! (estou a brincar)

Sofia:
Vou agarrar na tua experiência e acreditar que tudo irá correr bem.

Isabel:
Espero que o teu António seja um menino muito bem comportado! e ele mexer-se muito é só bom sinal! se ele quiser vir antes de tempo, vem cá avisar.

Beijos a todas,
Tanita

BettyBoop disse...

Minha querida,
a minha Inês tb nasceu de 41 semanas (parto induzido) e no HSM e tb correu tb bem. Tens pensar positivo :) e calma. Vais ver que correrá lindamente e terás o momento mais feliz da tua vida. Adoro-te! até breve