dezembro 12, 2012

Bom dia Alegria!


Passa uma borboleta por diante de mim
E pela primeira vez no Universo eu reparo
Que as borboletas não têm cor nem movimento,
...

Assim como as flores não têm perfume nem cor.
A cor é que tem cor nas asas da borboleta,
No movimento da borboleta o movimento é que se move,
O perfume é que tem perfume no perfume da flor.
A borboleta é apenas borboleta
E a flor é apenas flor.


Alberto Caeiro, in "O Guardador de Rebanhos - Poema XL"
 
[Obrigada Sofia, por receber este mimo logo pela manhã :) ]

5 comentários:

sandra disse...

Bom dia !!
poema que te marcou o dia pela manhã são miminhos boms :)
bjinhos

CV Love disse...

Bonito! =)

Cláudia, Vila do Conde disse...

:) ***

Marta disse...

Que lindo!!!
Obrigado por partilhares :)

Arco Iris disse...

Que belo presente matinal.
Lindo e obrigada pela partilha.
Bjs:))